5 dicas importantes sobre linguagem corporal numa entrevista de emprego

Se já passou um estranho encontro às cegas em frente de uma pessoa que não está interessada na comida, provavelmente sabe a importância , que hoje em dia, tem a linguagem corporal para a comunicação. Claro, a espécie humana pode ter desenvolvido um sistema de linguagem bastante sofisticado ao longo dos anos, mas esse aperto de mão manco, falta de contacto com os olhos ou fora da posição normal do corpo pode dizer-lhe tanto, senão mais, do que o que as  pessoas podem falar num encontro.

Conhecendo esta situação, os candidatos que se preparam para as entrevistas de emprego seriam pouco perspicazes se ignorassem a importância da comunicação não-verbal durante a sua entrevista com os gestores contratados. Do mesmo modo que pesquisar potenciais empregadores ou preparar um currículo, praticar uma boa postura e controlo da linguagem corporal é essencial para quem procura sucesso na entrevista. Não sabe por onde começar? Temos alguns truques para o ajudar a conseguir a linguagem corporal da sua entrevista de emprego.

1. Postura

Para cada pessoa que já ouviu a sua mãe dizer "não se desleixe", esta é para si. A má postura não só é má para a saúde das suas costas, como também pode transmitir muito mais do que pretende para os potenciais empregadores. Estiver sentado ou de pé, o seu objectivo deve ser manter os ombros direitos e evitar o palpite ou o descuido. Quando estiver sentado à mesa de entrevista, coloque ambos os pés no chão e certifique-se de que as suas costas permanecem em contacto com a cadeira ou que está sentado de pé no seu assento. Em caso de dúvida, afastar os ombros algumas vezes para aquecer esses músculos e habituar o corpo a essa estranha, mas correta, posição de postura.

2. Sorria

A menos que for um desses tipos permanentemente resmungões, esta parte da sua linguagem corporal deve ser fácil e natural e vai fazê-lo parecer profissional, relaxado e confiante. Um sorriso sincero ao cumprimentar o seu entrevistador e durante toda a reunião ajudará a manter a conversa fluida e pode também colocar o gerente de contratação à vontade, construindo a sua opinião sobre as suas capacidades sociais e de aproximação. Pratique o sorriso no espelho para se certificar de que não está a atirar um sorriso ao estilo dos desenhos animados e estará bem encaminhado para uma oferta de emprego que o faça cantar “Don’t worry, be happy”.

3. Aperto de mão

Com tantos avanços em tecnologia e comunicação como os entrevistadores modernos enfrentam, é importante saber que algumas coisas não ficam fora de moda quando se trata de interação humana. Um aperto de mão firme e bem praticado continua a ser uma parte essencial dos cumprimentos e acordos em todo o mundo. Pratique uma técnica de aperto de mão adequada e certifique-se de que tem uma aderência firme mas educada. E quanto ao "aperto de mão elétrico"... não o faças. Independentemente do campo de trabalho, ninguém quer começar as apresentações com uma mão esmagada.

4. Contacto ocular

Uma forma de comunicação não verbal que às vezes não  é considerada como essencial. O contacto visual é fundamental para os candidatos que procuram praticar bons hábitos de linguagem corporal durante a sua entrevista. Em vez de olharem fixamente para o entrevistador, os candidatos devem praticar o contacto visual durante os momentos apropriados de comunicação. Isto é especialmente importante quando se entrevistam várias pessoas ao mesmo tempo. O contacto visual sólido vai ajudá-lo a parecer atento e envolvente, formando grandes vantagens para aqueles que contratam do outro lado da mesa

5. Gestos de mão

Enquanto os nova-iorquinos nativos podem trabalhar de mãos dadas nas suas conversas sem problemas, para a maioria de nós é um hábito mais perturbador. Quando estiver na sala de entrevistas, mantenha os gestos das mãos no mínimo. Evite apontar, bater palmas ou levantar os braços no ar, pois podem parecer gestos agressivos ou abruptos ao conversar com um estranho relativo. Precisa de ter alguma coisa nas mãos? Tente apertar levemente as mãos no colo para evitar dar a aparência de um maestro a fazer-se passar por Mozart num ensaio de uma banda do liceu.

A nossa palavra final quando se trata de linguagem corporal durante a sua entrevista é: relaxe, respire fundo, apareça cedo e prepare-se para a sua entrevista para estar mais confiante e concentrar-se mais no seu corpo e mente. A preparação para a entrevista em todos os aspectos, incluindo a linguagem corporal, irá ajudá-lo a parecer profissional e calmo, aumentando as suas possibilidades de obter essa importante oferta.

Está procurando emprego?

Está procurando emprego?